Skip to content

O CÂNCER NA VISÃO ESPIRITUAL

27/06/2012

                                           CÂNCER – VISÃO ESPIRITUAL

O homem não deve ignorar a força criadora do pensamento que se estua em todos os escaninhos do universo. Na resolução de  todo problema de saúde, temos que partir do geral para o particular; do macro para o micro, pois tudo no universo se une e, desta forma, podemos enconrtar as origens patológicas das doenças de variada etiologia. O homem sadio é aquele que possui toda a sua organização fisiopsicossomática funcionando em perfeita harmonia com os princípios que regem as leis siderais, estabelecidas por Deus. Qualquer violação destas leis gera problemas muitas vezes de difícil erradicação, principalmente para aqueles que desconhecem o elemento espiritual na economia do ser. A vida palpita em toda parte, desde os organismos infinitesimais no lodo da terra ao anjo no céu! A nossa forma de pensar,  cria ao nosso redor formas-pensamentos, que poderão nos trazer a saúde ou a doença, dependendo do sentimento que as tenha originado. A nossa organização psicofísica, pode ser alterada tanto por fatores de origem mental ou física. Os vícios de todas as espécies, os nossos hábitos errôneos e as nossas desastradas atitudes psíquicas, lançam verdadeiros venenos, tóxicos deletérios em nossa organização fisiopsicossomática. Você sabia, por exemplo, que uma pessoa fadada ao ciúme destruidor, gera pedras em sua vesícula biliar? Que o ódio cria vários estados patológicos na organização hepática? Trazemos em nós mesmos as causas das nossas doenças; sendo assim, na maioria das vezes, as doenças atraem os micróbios e não eles são causadores de tais enfermidades. É tempo de acordarmos para as grandes verdades espirituais! Quando o nosso corpo não aguenta mais a carga de fluidos tóxicos e de certas substâncias morbígenas, eclode-se na carne os canais para liberar as substâncias nocivas. Estas descargas doentias muitas vezes exteriorizam-se na pele, que funciona com uma tela, a exibir os estados íntimos do indivíduo. Estes sinais epidérmicos servem, para muitos terapeutas, como um indicativo da desordem mental que originou tais enfermidades, levando-os à indicação de simples elementos, que são ministrados em várias formas de tratamentos naturais. Se a nossa organização física recebe constantemente dardos deletérios que vão cada vez mais lhe  enfraquecendo, surge então o câncer destruidor em suas variadas formas, destrambelhando as células perispiríticas, comprometendo o funcionamento dos chacras e alterando a constituição do duplo-etérico. É o que afirma o iluminado Ramatis em sua obra “Mediunidade de Cura”: “Assim, desta interdependência psicorgânica existente entre o perispírito e o nosso corpo físico, resulta que os pensamentos negativos da alma: como sejam, por exemplo, as emoções queimantes do ódio, a raiva, a vingança, o orgulho, o egoísmo e o ciúme geram fluidos irritantes que aderem ao perispírito formando “pústulas” de magnetismo tóxico, as quais além de afetarem o seu metabolismo psíquico, perturbam e retardam a evolução espiritual da própria alma. Então, o perispírito, agitado pela “febre” provocada por essa saturação de fluidos infecciosos, verte-os para o corpo de carne; transfusão que se opera mediante o “duplo-etérico”, elemento intermediário que desempenha a função de uma espécie de “válvula de escape” por onde a alma expurga os resíduos tóxicos das emoções rudes em que ela se abrasou. E assim, esses fluidos corrosivos, uma vez transferidos para o corpo físico, produzem ou convertem-se em lesões mórbidas e virulentas, como sejam a lepra, o câncer, a tuberculose e outras moléstias de caráter mais benigno”. Muitas vezes, após uma discussão violenta, a pessoa começa a ser vítima de urticárias, eczemas ou apresentar manchas azuladas ou escuras em sua pele! Portanto, se queremos  ter saúde, procuremos as blandícias do Evangelho, deixadas pelo Magnânimo Mestre Jesus, o inconfundível médico de todos os tempos, que sempre pregou o amor e a humildade, como remédio salutar para a cura da alma em sua jornada ascensional. O egrégio Emmanuel, mentor do inesquecível médium Chico Xavier, proclama a todos: “Ama a quem vai contigo nas estradas do tempo!”. Amemos, pois, a todos os nossos irmãos e seremos felizes!

 Adenilton Santana

 

Se você gostou deste post, cadastre-se em nosso blog! É grátis, além de receber, em primeira mão, as novas publicações! Cadastre-se AQUI.

Veja Também:

+ A Linguagem do Corpo

+ Os Chacras

+Temas da Vida e da Morte

Página Principal 

Contato

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: